Blog – Live Viagens

INICIO / BLOG

Viagens Corporativas movimentam R$ 1 bi na Economia no mês de Outubro, Confira!

Viagens Corporativas movimentam R$ 1 bi na Economia no mês de Outubro, Confira!

Os destaques positivos são os faturamentos referentes a locação de veículos, transfer e transporte rodoviário.

O turismo corporativo vem mantendo a tendência de crescimento em 2022. Em outubro, o segmento registrou um faturamento de R$ 1 bilhão, conforme estudo realizado mensalmente pela Associação Brasileira de Agência de Viagens Corporativas (Abracorp). Apesar de ainda estar 4% abaixo do registrado no mesmo mês de 2019, antes da pandemia da Covid-19, o segmento continua com desempenho crescente neste ano.

O faturamento do transporte rodoviário cresceu 92% em outubro (R$ 2,4 milhões), quase dobrando em relação a 2019. Uma participação que demonstra uma tendência na mobilidade. Por outro lado, o faturamento dos serviços aéreos e de hotéis, que têm o maior peso na movimentação financeira do setor (64,8% e 24,9%, respectivamente), registraram queda. No acumulado de janeiro a outubro, o faturamento de 2022 totalizou R$ 9,2 bilhões, também 4% abaixo se comparado ao igual período de 2019, com R$ 9,6 bilhões.

O turismo de negócios é um dos mais rentáveis para o Brasil. Dados da Pesquisa Nacional de Domicílios (PNAD), realizada pelo Ministério do Turismo e o IBGE, apontam que as viagens corporativas representaram 14,6% do total de deslocamentos realizadas no ano de 2021 dentro do país.

Do lado internacional, em 2019, o segmento foi o segundo principal motivo da vinda de estrangeiros para o Brasil. Do número total, 15,4% visitaram o país com esta finalidade. Entre os destinos mais procurados estão São Paulo (49,2%), Rio de Janeiro (19,1%), Curitiba (4,8%), Porto Alegre (3,4%) e Brasília (3,2%). O gasto médio per capita desses viajantes, por dia, foi de US 77,39.

SELO TURISMO RESPONSÁVEL – O Ministério do Turismo disponibiliza, desde o ano passado, protocolos com boas práticas de higienização para organizadoras de eventos, centros ou locais de Convenções, feiras, exposições e similares, casas de espetáculos, entre outros.

A medida é um incentivo para que os consumidores se sintam seguros ao viajar e frequentar locais que cumpram protocolos específicos para a prevenção da Covid-19, posicionando o Brasil como um destino protegido e responsável.

Via: https://www.gov.br/turismo/pt-br/assuntos/noticias/viagens-corporativas-movimentam-r-1-bi-na-economia-no-mes-de-outubro